A Guerra sem fim da Teologia.

21:12 Douglas Levita 0 Comentarios


Basta você dedicar um minimo de seu tempo a estudar as vertentes teológicas para você entender bem o contexto do mundo a sua volta. Tiago diz na sua carta: De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam? Tiago 4:1

É bem sabido que em nossa carne ou membros existem vários tipos de deleites, não é apenas uma questão sexual, é uma questão emocional mesmo, e não que eu queira aqui botar a culpa nas emoções, mas sim apresentar uma apologética antropológica a respeito da busca do homem. Somos tentados por nós mesmo (e diga-se de passagem antes de sairmos acusado Satanás de tudo) a alimentarmos o nosso ego com sensações e emoções.

A guerra começa no que diz respeito a verdade, o que é a verdade? E alguém vai dizer: "Cristo é a verdade".  E eu vou responder: Não que Ele não seja, mas o que quero é o conceito de verdade. Eu sei que Cristo é a verdade e isso representa que tudo que indica a verdade converge Nele, ou seja, em Cristo todas as coisas são reveladas.

Verdade significa aquilo que está intimamente ligado a tudo que é sincero, que é verdadeiro, é a ausência da mentira. Verdade é também a afirmação do que é correto, do que é seguramente o certo e está dentro da realidade apresentada.

Nessa guerra teológica cheia de acusações (estou falando de todos que são acusados de heresia) e condenações (de todos que foram mortos por serem acusados de heresias) será que existe alguém certo mesmo? Não estou dizendo que a verdade é relativa, de forma alguma, pois creio totalmente o oposto disso. Paulo nos deixou um principio básico a respeito de tolerância: Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, Efésios 4:2

Suporte?
1. Algo que suporta ou sustenta outra. Aquilo em que alguma coisa assenta ou se firma. 
2. Atualmente também tem sido utilizado para definir o pessoal que presta serviço de esclarecimentos ou ajuda para algum produto adquirido via telefone ou Internet.

Existem muitas aplicações sobre "suportar", mas a principal delas é dar condições para que a pessoa possa viver sua fé e amor em Jesus Cristo e esse viver em amor em Jesus Cristo não tem ligação com dogmas, liturgias e rituais e sim com: A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo. Tiago 1:27

Ou seja, esse suporte é dar condições para que as pessoas vivam a pratica do amor e não tem nenhuma ligação com púlpito de igreja, ou as paredes da igreja, ou cantar canções populares na igreja, vender CD, ou discutir teologia, ofender o próximo, ou queima-lo, ou enforca-lo o acusando de heresia, ou ofender em rede-sócias com piadinhas de baixo nível os arminianos, ou acusar os calvinistas e por aí vai...

Será mesmo que essas discussões nos dão suporte a pratica do amor? A vivermos uma verdadeira religião como propõem Tiago? Pense nisso!



0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga