Qual o tamanho da sua cruz?

14:10 Douglas Levita 0 Comentarios



Conta-se que uma mulher sonhou com o lugar perfeito para viver a eternidade.
Seus olhos contemplaram uma cidade inigualável, perfeita em todos os sentidos.
Sua luz intensa ofuscava qualquer aproximação do mal. A perfeita paz fazia seus habitantes muito felizes.
Um anjo aproximou-se e ela lhe perguntou o nome da cidade e o que fazer para chegar lá.
A cidade é a Nova Jerusalém. Para chegar lá era preciso levar a cruz que o anjo tinha em mãos e seguir sempre na mesma direção, sem qualquer desvio para a direita ou a esquerda.
Apesar de seu peso, a cruz não era nada insuportável. Além disso, qualquer sacrifício para chegar àquele lugar, valia a pena.
A sonhadora tomou a cruz e iniciou sua peregrinação. O peso da cruz a obrigava a transferi-la para o outro ombro.
Vendo sua dificuldade em carregar a cruz, o diabo, travestido de anjo de luz, logo se aproximou e sugeriu uma forma mais fácil de carregá-la: diminuir o seu tamanho.
“A ideia é excelente”, disse ela. Afinal de contas, os ombros já estavam muito feridos.
“Mas, onde conseguir um serrote nesse deserto para encurtar a cruz?”Perguntou ao suposto anjo de luz?  Imediatamente, ele fez surgir um serrote. Cortada a cruz, ela a colocou debaixo do braço e seguiu em frente, animada.
Passado algum tempo, ao se aproximar da cidade, viu um grande precipício que a separava do resto do mundo. Olhando para ambos os lados, reparou que não havia uma única ponte.
O anjo que lhe havia dado a cruz apareceu e perguntou: “Onde está a cruz que lhe dei?” Ela disse: “Eu a encurtei a fim de facilitar minha viagem.”
“O objetivo daquela cruz era servir de ponte para você atravessar esse abismo”, disse-lhe o anjo.
“Além disso, só existe uma cruz para cada um. A destruição da sua cruz significa também a sua. Nada mais se pode fazer por você.”
Então, disse Jesus a Seus discípulos: Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-Me. Mateus 16.24

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga