O FUTURO DO BRASIL GOSPEL

05:25 Douglas Levita 0 Comentarios



Porque o mundo comercial está tão interessado nos cantores evangélicos?

Alimentado pela gigantesca indústria multi-bilionária de gravação musical nos EUA, o "pequeno infante" da música Gospel pulou do seu berço humilde e cristão e atravessou as muralhas da igreja para um mercado bem diferente do mundo atual. E, o Gospel continua a crescer. De acordo com a revista Norte-americana, Gospel Today, dentre 2003 e 2008, setegravadoras criaram divisões especiais somente para lidar com artistas Gospel; as estatísticas da mesma publicação indicaram que os selos independentes cresceram 50%, e o rendimento das vendas só de música Gospel chegou a triplicar nas últimas décadas, de US$180 milhões de dólares em 1980 a US$500 milhões em 1990.

É muito dinheiro por trás disso tudo. No passado, ou melhor dizer na época de Jesus, existia uma movimento também que trazia muito dinheiro e por assim dizer beneficiava alguns Judeus religiosos da época, era a venda de cordeiros para o sacrifício em volta do templo. Como alguns moravam muito longe, eles não levavam o cordeiro do sacrifício paras as festas para não ter muito trabalho, então compravam na hora um sacrifício prontinho na frente do templo e as vezes até mesmo no pátio do templo. Foi justamente em uma situação como essa que Jesus se revoltou contra aqueles que estavam fazendo do templo um comércio e fazendo do que era espiritual para ter benefícios carnais (ou financeiros).

Quero deixar claro que não sou contra a musica evangélica, mas sim o caminho que alguns irmãos estão tomando. Algumas pessoas chegam a me dizer que isso é bom para o evangelho, mas tomando, por exemplo, os Estados Unidos, acho eu isso não é não! É um meio de Satanás mistura o que é santo com o profano do mesmo modo que historia dos Judeus.

Foi através da musica gospel nos Estados que se originou novos ritmos, até aí tudo bem, mas a partir do momento que alguns cantores seculares começaram a cantar gospel em cabarés e boates e levando o que seria espiritual ao profano eu não consigo ver mais mudanças. As pessoas não precisavam ir mais as igrejas para ouvir uma boa musica gospel, mas em qual quer ambiente se podia ouvir pessoas cantando as lindas canções, mas porque isso não fez com que o evangelho crescesse e sim diminuísse no Estados Unidos? Simples, não era os incrédulos que estavam indo para as igrejas e sim os evangélicos que estavam indo para as boates e bares, mas não no intuito de evangelizar e sim de ganhar dinheiro, mas eles claro que diziam: “estamos levando a palavra”. Mas o final disso tudo era inúmeros escândalos e uma desvalorização do evangelho.

Bem, não é muito diferente com o que está acontecendo no Brasil, a historia se repete, e eu vou me opor a tudo isso, não vou me calar para agradar A e B. Minha causa é com o evangelho e com uma pregação pura e verdadeira do que nos passou o Senhor Jesus. Tire você a sua própria conclusão e ore para que tudo isso que falei não aconteça e que seja totalmente diferente como nos Estados Unidos, eu prefiro está errado se for realmente para o bem do evangelho.

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga